A Carreira Internacional de Ivete Sangalo

Depois das experiências na televisão como atriz, interpretando, por exemplo, Maria Machadão no remake de Gabriela e até mesmo atuando como apresentadora de programas musicais na Rede Globo, Ivete Sangalo resolveu olhar para carreira internacional.

Essa mudança, o ponto inicial, foi no ano de 2012, que ganha cara nova no projeto do disco “Real Fantasia”, com música boa e acima de tudo a latinidade da cantora brasileira. No disco Ivete canta uma das músicas em parceria com Shakira, “Dançando” e não é pela amizade, mas era uma estratégia de olho no mercado internacional. Aliás, Ivete já foi indicada ao prêmio do Grammy Latino 4 vezes e cantou na apresentação de 2012.

Apesar de querer abrir portas no mercado internacional a cantora fez um disco também pensando no mercado brasileiro e na época apostou que 80% do seu disco agradaria e seria hit do carnaval. E não deu outra, a cantora baiana agradou mesmo com um álbum pensado também para a carreira internacional.

O Álbum de Ivete Sangalo Para Reforçar a Carreira Internacional

O disco de 2012 que foi o último com músicas inéditas, depois disso a cantora ainda não entrou em estúdio novamente, era bem latino. Na verdade, a própria cantora disse que era todo latino, mas afirmou que não foi nada voluntário.

Segundo Ivete foi disco que trouxe surpresas e o álbum que poderia dar mais visibilidade a Ivete fora do Brasil trouxe uma mistura de ritmos, como reggae, samba, salsa, entre outros. Todos estilos que sempre acompanharam a cantora desde início da carreira. Claro, sem deixar faltar as canções românticas.

O que a Cantora Fala Sobre a Carreira Internacional

Não é novidade que jornalistas sempre perguntem a mesma coisa para Ivete. Se ela está pensando em apostar em uma carreira fora do Brasil. E a cantora sempre diz que para ela não existe uma diferença muito grande entre o nosso país e o mercado internacional falando do ponto de vista de investimento.

Para Ivete Sangalo o caminho é sempre o mesmo de atrair mais fãs e isso se faz quando dá para entender um pouco da relação entre o que o cantor faz e as pessoas. E a cantora sempre fez a referência não só aos estrangeiros, mas também o público brasileiro que vive fora do Brasil.

A cantora baiana não considera fácil entrar no mercado e não acredita que basta fazer um show em New York ou fazer uma turnê por países da América Latina para garantir uma carreira internacional.

Ivete reafirma que antes de pensar nos fãs internacionais ela quer poder estreitar a sua relação com os fãs do Brasil, usando dos canais de mídia. Para ela é um trabalho que não está pronto nunca.

A Visão de Ivete Sangalo Sobre sua Apresentação no Madison Square Garden

Na época, a cantora contou para a imprensa brasileira que foi “um grande desafio da sua vida”. Segundo ela, pensar que aquele seria um registro para uma vida toda e que as pessoas depois poderiam revê-lo em suas próprias casas, tornava um projeto mais do que especial.

Ivete disse ainda que entrou no palco com a vontade de fazer o melhor para os seu fãs e para a sua própria felicidade. Revelou ainda que chegou a sentir falta de ar antes de subir no palco por conta da ansiedade que a tomou. Porém, sem deixar de lado a sua alegria, uma das suas principais características.

Depois que passou a cantora baiana revelou que foi “uma das maiores experiências da minha vida” pelo fato de ter subido ao palco em New York, uma cidade especial. Ela lembrou da diversidade de culturas que existe naquela cidade, uma cidade cosmopolita. Sem falar o lugar escolhido, Madison Square Garden. Ivete na época chegou a brincar dizendo que o show a tinha feito “meio metida”.

A Ascensão do Sertanejo Fora do Brasil não se Repete com o Axé

Ivete Sangalo e outros artistas brasileiros que cantam o ritmo axé gostariam de estender o sucesso das suas carreiras no Brasil no exterior, mas quem vem mesmo ganhando espaço é a música sertaneja. Michel Teló ganhou praticamente o mundo todo, sucesso esse que não se repetiu para o artista com uma segunda música. Na época, pensava que era um ponta pé inicial e que seria uma entrada triunfal sem volta. Mas, passado o momento de eurofia, moda, as músicas do cantor e de outros que começaram a cantar lá fora, não se repetiram.

Porém, o axé brasileiro não sentiu nem mesmo esse gostinho, de emplacar uma música que faça tanto sucesso quanto a de Michel Teló. Na época, o cantor participou de vários programas de televisão na Europa. Sempre muito festejado e com um público que tentava cantar a música com ele mesmo não conhecendo o idioma.

A Experiência de Ivete Sangalo Como Atriz

Tudo o que Ivete faz dá certo e não tem o que falar. A cantora se entrega com tanto carinho e determinação  que acaba se descobrindo atriz, como aconteceu quando interpretou Maria Machadão. Mas, o que poderia parecer ter sido muito simples para Ivete quando era vista atuando na televisão, não era o que acontecia nos bastidores. Ivete contou em uma entrevista que chegava a chorar, mas também se divertia com os textos que recebia. Ela contou ter se tornado uma defensora da sua personagem.

Outra coisa que fez com que cantora fique feliz com a fase atriz foi o contato com os atores e não faltaram elogios ao diretor da novela, Mauro Mendonça Filho e o autor Walcyr  Carrasco. Porém, a atriz disse que se fechou um pouco para o papel de atriz.

Ivete Internacional Para Divulgar o Brasil

A cantora que pode ser o grande nome do Brasil a ganhar uma carreira internacional consolidada foi a escolhida pela Embratur em 2014 para ser a “garota propaganda” do Brasil. Ela gravou um vídeo de 4 minutos para divulgação da cultura brasileira para os estrangeiros que viessem visitar o nosso país na época. Foram escolhidos 11 países para passar o vídeo: Portugal, Argentina, Espanha, Peru, Holanda, Chile, Reino Unido, Alemanha, França e Itália. Não foi por acaso a escolha. Ela foi feita com base nos dados de visitas ao Brasil de 2012, somados, esses países trouxeram 2 milhões de turistas para o Brasil.

O vídeo foi legendado em francês, inglês, italiano, espanhol, alemão e holandês e com certeza serviu para dar uma boa visibilidade para a cantora brasileira nos países em que foi exibido. Na mal para quem está investindo em uma carreira internacional.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Nacionais

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *