Tânia Mara: Sucesso em Trilhas de Novelas

Provavelmente você já ouviu falar da contadora Tânia Mara. Se não ouviu o nome, certamente conhece algumas de suas canções, que são presença frequente em trilhas de novelas da Rede Globo.

Conheça, a seguir, um pouco mais sobre a história de vida e a trajetória dessa cantora que é dona de uma bela voz.

Início de Tânia Mara na TV

A primeira vez que Tânia deu as caras na TV foi em 1997, no extinto programa “Fantasia” do SBT. Para quem não se lembra, o programa era uma espécie de gincana que valia prêmios em dinheiro e contava com a participação do público via telefone.

No início, Tânia Mara era uma das assistentes de palco da atração, que serviam de apoio na hora da realização das brincadeiras. Como se destacou, depois de um tempo ela acabou se tornando uma das apresentadoras, quando Valéria Balbi deixou o programa.

Discos da Carreira de Tânia Mara

Tânnia Mara: No ano 2000, ela lançou seu primeiro disco, intitulado “Tânnia Mara”, que era do gênero country. A gravadora responsável era a EMI Music. Na capa do disco, produzido por César Augusto, ela está usando chapéu e segurando um violão, o que já mostrava o gênero escolhido pela cantora. A vendagem foi de 25 mil cópias em todo o Brasil.

Brincando de Amor: Em 2001, Tânia foi para a Abril Music e lá gravou o segundo disco de sua carreira, intitulado “Brincando de Amor”, produzido por Arnaldo Saccomani, que é conhecido por ter sido jurado do programa Ídolos, do SBT. O gênero do disco também era country e a vendagem foi um pouco menor, totalizando 20 mil cópias.

Louca Paixão: O próximo álbum da carreira de Tânia Mara demorou mais alguns anos para sair. Quatro anos depois de gravar “Brincando de Amor”, ela voltou para a EMI Music e lançou o disco “Louca Paixão”, que foi produzido por Luiz Carlos Malule. Nesse disco, as canções eram de estilos mais abrangentes, como Pop/Romântico e Country. A vendagem foi de 35 mil cópias, maior do que dos dois primeiros.

Tânia Mara: Em 2006, Tânia Mara lançou o disco que foi um divisor de águas em sua carreira e a levou, pela primeira vez, para as paradas de sucesso. A música “Se Quiser”, uma versão em português da canção “Anytime”, da cantora Kelly Clarkson, fez parte da trilha sonora da novela “Páginas da Vida” e foi um grande sucesso nas rádios de todo o Brasil.

O disco, produzido por Cláudio Rabelo e gravado pela EMI Music, vendeu mais do que a soma dos três primeiros, totalizando 100 mil cópias. Nesse álbum, Tânia abandonou o gênero country e investiu no pop romântico.

Falando de Amor – Ao Vivo: Em 2009, Tânia Mara lançou o CD e o DVD “Falando de Amor”, gravados em um show seu em que recebeu alguns nomes famosos para cantar com ela, como: Alexandre Pires, Roberta Miranda, Elba Ramalho, Marcus Viana, a banda Yahoo e, Rafael Almeida, irmão da cantora, que é cantor e também ator.

O álbum de gênero pop romântico, gravado pela EMI Music, vendeu 75 mil cópias. Duas músicas se destacaram e ficaram entre as mais tocadas nas rádios brasileiras, são elas: “Não Me Ame”, um dueto com o cantor Alexandre Pires; e “Gostava Tanto de Você”, que fez parte da trilha sonora da novela “Viver a Vida”, da Rede Globo.

Acústico: Em 2011, Tânia lançou outro disco, dessa vez pela Som Livre, que também contava com um DVD, que foram gravados em um show dela realizado em São Paulo para convidados. O gênero das músicas é o sertanejo pop e foi produzido pelo cantor Sorocaba, da dupla Fernando & Sorocaba.

O show contou com a participação de nomes como: a musa do sertanejo Paula Fernandes, Rafael Almeida, irmão de Tânia, e a dupla Fernando & Sorocaba. O álbum conta tanto com regravações de sucessos, como “Romaria”, de Renato Teixeira, como com canções inéditas, como “Amor Infinito”, composta por Tânia e por seu irmão Rafael.

Só Vejo Você: Em 2014, Tânia Mara lançou mais um disco, dessa vez pela gravadora Som Livre. Os gêneros das canções são MPB e pop. A música que deu nome ao álbum, “Só Vejo Você” fez parte da trilha sonora da novela “Em Família, da Rede Globo, e embalou as cenas do casal homossexual Clara e Marina, vividas pelas atrizes Giovanna Antonelli e Tainá Müller, respectivamente.

Vida Pessoal de Tânia Mara

Em 2007, Tânia se casou no civil com Jayme Monjardin, diretor de novelas da Rede Globo. Em 2010, ela deu a luz a primeira filha do casal, que recebeu o nome de Maysa em homenagem à mãe de Jayme, a famosa cantora brasileira que também foi homenageada com uma minissérie da Globo que contou parte de sua história.

Tânia é a quarta esposa de Jayme, que já se casou com: Fernanda Lauer, Ingra Liberato e Daniela Escobar. A pequena Maysa é a quarta filha do diretor, que também é pai de: Maria Fernanda, Jayme Matarazzo e André.

O casal é bastante discreto e nunca saiu nenhuma notícia polêmica na imprensa envolvendo os dois. Eles não costumam frequentar muitos eventos. Nas raras vezes em que são vistos estão em peças de teatro, lançamentos de novelas ou em eventos infantis, em que comparecem para levar a filha.

Comentários Maldosos

Sites de fofocas costumam publicar comentários maldosos envolvendo o fato de Tânia emplacar sucessos apenas nas trilhas de novelas dirigidas pelo marido. Os comentários sobram até mesmo para Rafael Almeida, irmão da cantora. As novelas que ele fez na Rede Globo eram todas dirigidas por Jayme, o que acaba gerando fofocas de que ele apenas consegue os papéis por ser cunhado do diretor. Em se tratando da carreira musical de Rafael, ele também recebe o apoio de Jayme, já que sua canção “Bungee Jump” fez parte da trilha sonora de “Em Família”.

Independente desse tipo de comentário, ninguém pode negar que tanto Tânia quanto o irmão têm muito talento. Ter recebido ou não o apoio do marido/cunhado não apaga o talento dos dois irmãos.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Nacionais

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *