Teorias De Que Elvis Não Morreu

Elvis Presley

No dia 08 de janeiro de 1935 nascia Elvis Aaron Presley que seria conhecido pelo grande público apenas como Elvis Presley. Um cantor que ultrapassou os limites do sucesso e se tornou um verdadeiro ícone do rock mundial. Chamado de Rei do Rock Elvis The Pelvis, apelido pelo qual ficou conhecido, além de cantar muito bem dançava de um jeito que enlouquecia as suas fãs.

Foi durante a década de 50 que Elvis conquistou o seu grande sucesso, com uma voz que tinha um alcance impressionante e com um visual bem chamativo se diferenciava dos demais artistas da época. Para muitos críticos Elvis foi o melhor dos cantores populares do século XX.

Elvis Presley

Elvis Presley

A Carreira De Elvis Presley

A carreira do artista começou em 1954 quando ele assinou com a gravadora Sun Records junto com o guitarrista Scotty Moore e pelo baixista Bill Black. Elvis é considerado como um dos criadores do estilo conhecido como rockabilly que consiste na mistura da música country com o rock.

A Carreira De Elvis Presley

A Carreira De Elvis Presley

O século XX não conheceu nenhum outro fenômeno popular na música e na dança como Elvis. Podemos destacar alguns dos seus grandes sucessos que são “You Don’t Have To Say You Love Me”, “Suspicious Minds”, “Teddy Bear”, “Jailhouse Rock”, “Can´t Help Falling In Love” entre muitos outros.

O cantor faleceu no dia 16 de agosto de 1977 em circunstâncias estranhas e claro que devido a isso e a todo o carinho das pessoas pelo artista é comum que diga que “Elvis não morreu”. Muitos mais do que uma afirmação de que sua música ficará para sempre entre nós essa frase tem todo um imaginário e teorias (algumas conspiratórias) de que o cantor não faleceu e está aproveitando o prazer do anonimato. Saiba mais sobre a morte de Elvis e sobre as teorias de que ele não morreu.

A Morte De Elvis Presley

Antes de chegarmos ao dia 16 de agosto é necessário destacar que o dia 15 de agosto foi bastante comum na rotina de Elvis. Às 23h ele foi ao dentista, já habituado a atender o cantor a noite, de madrugada ele chegou em sua casa Graceland, jogou tênis e tocou piano. Por volta de 4 ou 5 horas da madrugada Elvis foi dormir.

O grande mistério começa quando Elvis resolveu ir ao banheiro cerca de 10h da manhã do dia 16 de agosto. De acordo com o depoimento das pessoas que moravam com ele o cantor tinha o hábito de se levantar e ir ler no banheiro. Depois disso o que aconteceu é um grande mistério.

Provavelmente a cena triste de Elvis morto em seu banheiro se deu no final da manhã. A mansão Graceland fica na cidade de Memphis, no Tennessee. Grande parte das lendas urbanas de que Elvis não morreu tem a sua origem na falta de precisão a respeito de como aconteceu a morte do artista.

O corpo do cantor só foi descoberto no banheiro por volta das 14h da tarde por sua então namorada Ginger Alden. De acordo com os especialistas que analisaram o corpo a morte se deu por um colapso fulminante juntamente com uma disfunção cardíaca. A comoção que a morte causou nunca tinha sido vista antes no mundo.

Elvis Não Morreu?

A morte de Elvis Presley aconteceu de repente e surpreendeu aos fãs do artista. Porém, no período depois do adeus do cantor muitas pessoas alegam terem visto ele circulando por aí tranquilamente. A teoria mais apregoada sobre a falsa morte de Elvis é de que o cantor se cansou da falta de privacidade que a fama trazia e resolveu simular a própria morte.

O mais curioso é que os relatos de que Elvis foi visto bem vivo por aí não foram apenas ditos para a imprensa, mas sim levados a polícia federal norte-americana e ao FBI. Essa teoria afirma que o Rei do Rock foi curtir a sua vida anonimamente em algum local paradisíaco.

Questões Contraditórias

A grande pergunta que fica sobre isso é se Elvis tramaria uma morte tão ingrata como a de ser encontrado no banheiro de sua casa. É sempre bom lembrar que o artista era bem vaidoso e dessa forma preferiria uma morte com mais luxo e glamour. Porém, até mesmo essa questão parece ter resposta para os fãs de Elvis.

Aqueles que acreditam que o rei do rock está vivo e bem dizem que a ideia de simular a sua morte desse jeito tão vergonhoso fazia parte da estratégia para que ninguém desconfiasse. Pois, isso suscitaria a dúvida acima de se Elvis seria capaz de se dar um fim tão inglório quanto este.

Outras Teorias

As teorias de que Elvis não morreu nunca pararam de aparecer e dentre elas estão algumas mais bizarras que do simplesmente fugir do sucesso. Numa das versões mais dramáticas da falsa morte as pessoas chegaram a cogitar que Elvis era na verdade um agente especial da Agência Antidrogas que estava disfarçado e quando foi descoberto pela Máfia se viu obrigado a forjar a própria morte para se proteger.

O Caixão

Quem acredita nas teorias de que Elvis não morreu usa até mesmo alguns detalhes do seu funeral para explicar porque tem essa crença. Para começar o caixão que levava o cantor pesava em torno de 400 kg e de acordo com presentes tornava o ar em torno dele frio.

Disso foi concluído por alguns teóricos da conspiração de que na verdade no caixão estava um boneco de cera que imitava o cantor e que estava sendo conservado com a ajuda de um sistema de refrigeração o que fazia com que o caixão fosse muito pesado e também produzisse o frio. Há também a questão da rapidez com que a cerimônia foi realizada que também despertou a dúvida de muitos fãs.

Vivendo No Imaginário Dos Fãs

Se pensarmos pelo lado de que a imagem de Elvis está sempre em grande evidência podemos concluir que ele realmente não morreu. O artista que morreu há mais de 30 anos ainda é muito citado pela mídia e os seus discos, biografias e outros produtos são intensamente comercializados. Como Elvis poderia estar mais vivo do que isso?

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *