Hester e Helena

O mundo da música está cada vez mais frequentado e badalado. Isso porque, com grande frequência, pintam novos nomes de bandas, cantores e duplas que prometem mostrar um pouco do que sabem para o público. E, no Brasil, isso não poderia ser diferente. Toda vez, na mídia, pipocam novos cantores e compositores que começaram afazer sucesso de modo recente, e, com o tempo, vão alcançando a fama e tudo o que o sucesso pode proporcionar.

No nosso país, por exemplo, o gênero que mais está em evidência atualmente é o sertanejo universitário, movimento esse que começou em 2007 e, até hoje, ainda arrebanha muitas pessoas, com nomes surgindo quase que diariamente. A dupla César Menotti e Fabiano, por exemplo, foi uma das percursoras para que esse ritmo chegasse ao que é hoje. Isso não significa, porém, que a preferência pelo sertanejo universitário é unanimidade no país, que conta com mais de 200 milhões de habitantes e tem a presença de uma cultura bastante miscigenada.

Não podemos nos esquecer, também, que outros gêneros musicais, como a MPB, fazem bastante sucesso por aqui, com nomes consagrados como Djavan, Caetano Veloso, Maria Bethânia, entre muitos outros.  O rock nacional, principalmente na década de 1980, também tem o seu legado por aqui, tendo nomes bastante respeitados como o do cantor Paulo Ricardo.

Um cantor que se firmou no sertanejo universitário e agora alça voos para outros gêneros musicais é o cantor Luan Santana. Antes, famoso por composições como “Meteoro da Paixão”, atualmente continua a realizar shows nesse estilo, só que, agora, arrisca produzir músicas em outros estilos, como o pop, setor esse que, no Brasil, está crescendo dia após dia. Por falar em Pop, um dos representantes mais conhecidos desse estilo de música é o cantor Tiago Iorc, que vem ganhando cada vez mais espaço no mundo da música. Iniciou a carreira de modo tímido e, com o tempo foi alcançando cada vez mais prestígio e fama, até que lançou o disco “troco likes”, no ano de 2015, o que fez Iorc deslanchar na sua carreira, e ter suas músicas emplacadas em novelas da Rede Globo, aumentando ainda mais a sua influência musical. Chegou a fazer parte de boatos no qual estaria namorando a atriz e humorista Tatá Werneck.

No entanto, vamos voltar ao sertanejo universitário. É que, no nosso artigo de hoje, iremos falar um pouco sobre uma dupla de cantoras que está roubando a cena no mundo da música sertaneja universitária: Hester e Helena. Aqui, você vai conhecer um pouco sobre elas, bem como algumas informações bastante interessantes sobre ambas. Vamos lá?

A Dupla Hester e Helena

Hester e Helena são uma dupla de cantoras, irmãs, cujos nomes verdadeiros são Héster Carminati e Helena Carminati, nascidas em uma cidade do interior do Paraná: São Miguel do Iguaçu.  Héster nasceu no dia 07 de fevereiro do ano de 1996 E Helena veio ao mundo na data de 12 de março do ano de 1998. Cresceram juntas, e sempre foram muito amigas e confidentes uma da outra, sempre se ajudando. Entre as brincadeiras e o estudo, um sonho que sempre as perseguia era o de serem famosas, seja por meio da carreira de modelo ou por meio da música. Esse objetivo, aliás, está sendo conseguido atualmente.  Um fator bastante importante para que as duas fossem inseridas no mundo da fama era a de que seus pais observaram nelas, desde pequenas, dons que seriam muito bem aproveitados caso elas fossem famosas.  A dedicação e o comportamento de ambas davam a entender que uma carreira famosa bem sucedida combinaria com as pequenas irmãs, contribuindo para isso, ainda, o fato de as irmãs se interessarem pelo mundo da música.

E os sonhos assim caminharam até que, no ano de 2008, os pais das garotas decidiram que era a hora de investir na carreira de ambas, para que, mais cedo possível, o sucesso as atingissem.  Para isso, o pai as incentivou para treinar a voz para se tornarem cantoras sertanejas. A primeira música testada por elas foi o maior sucesso da dupla Zezé Di Camargo e Luciano: “É o Amor”. Em um ensaio, quando o pai escutou a canção sendo entoada pelas suas filhas, percebeu que ambas tinham chance na carreira fonográfica. A aceitação do pai as encorajou para se apresentarem uma vez para toda a família a mesma música. Depois de se apresentarem novamente, dessa vez, para todos os parentes, a reação de todos foi de aprovação e animação. Foi a partir daí que as irmãs começaram a acreditar no sucesso que iria vir. Vale destacar que, antes de 2008, as pequenas irmãs já se apresentavam em barzinhos e em quermesses, sempre tendo a aprovação de quem ouviam suas canções.

Héster é considerada, por muitos, muito doce e carismática, ouvindo sempre que, mesmo que não chegasse a cantar, teria uma carreira de sucesso como modelo ou atriz. Já Helena é mais séria que a irmã, mas que carrega muita responsabilidade em deixar todas as suas apresentações com perfeição para agradar a todos os fãs.

Depois das apresentações iniciais para as famílias, as duas irmãs começaram a percorrer o Brasil para mostrar um pouco mais da sua música e do seu talento. Um de seus maiores sucesso é a música “Teimosa”, que explodiu em número de visualizações no You Tube em outras plataformas de vídeos. Por conta do grande sucesso e repercussão conseguidos com essa música, as duas irmãs passaram a ser chamadas de “As Teimosas do Brasil”.

O clipe, que foi postado no ano de 2011, já conta com mais de 4 milhões de acessos, o que motivou as irmãs a lançarem mais sucessos como este.  Recentemente, em janeiro desse ano, foi lançado no canal oficial da dupla no You Tube o clipe “Pedaço de Mau Caminho”, que é uma composição no estilo crossfit que, em pouco mais de dois meses, já atingiu a marca de mais de 2 milhões de visualizações.

As duas irmãs também fazem bastante sucesso nas redes sociais, com fotos de ambas bem produzidas, fazendo a alegria de seus fãs, aumentando, também, a sua influência na mídia.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Duplas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *