Melhores Marchinhas De Carnaval

O carnaval está chegando e uma das partes mais divertidas dessa festa é brincar com as famosas marchinhas. As músicas que tem um refrão marcante e geralmente fazem brincadeiras de duplo sentido caíram no gosto popular brasileiro há muito tempo. Se você adora a festa mais popular da Terra não tem como não conhecer uma ou duas marchinhas.

Para te ajudar a ficar por dentro do assunto elaboramos uma lista com as melhores marchinhas do carnaval. Depois disso você via poder colocar o seu bloco na rua para festar muito.

Lista Das Melhores Marchinhas De Carnaval

Marchinha: Chiquita Bacana

Marchinha: Chiquita Bacana

Marchinha: Chiquita Bacana

A composição de Alberto Ribeiro e João de Barro, o Braguinha foi criado em 1948 e foi a grande sensação do carnaval de 1949 e o mais curioso é que nos anos seguintes mesmo com novas marchinhas essa era uma das mais tocadas.

Essa marchinha além de embalar o carnaval de muitos festeiros ainda rendeu uma nova música, a canção “A Filha da Chiquita Bacana” de Caetano Veloso é uma referência a protagonista da composição de 1948. Num pedaço da música de Caetano tem a seguinte frase: “puxei a mamãe”.

Refrão: Chiquita Bacana lá da Martinica / Se veste com uma casca de banana nanica.

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: Maria Sapatão

Uma das marchinhas que todo mundo conhece é Maria Sapatão, provavelmente você já ouviu em algum lugar. A composição é de João Roberto Kelly, mas quem tornou essa música conhecida mesmo foi Chacrinha, que além da fama também contribuiu com a criação. Essa marchinha foi criada na década de 50.

Refrão: Maria Sapatão, Sapatão, Sapatão / De dia é Maria / De noite é João

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: A Pipa Do Vovô

A autoria dessa famosa marchinha é de Manoel Ferreira e Ruth Amaral, mas você já a ouviu na voz de Silvio Santos com certeza. Na década de 80 essa marchinha se popularizou sendo cantada pelo apresentador e uma curiosidade é que muitas pessoas acreditam que é ele o compositor da canção.

Refrão: A pipa do vovô não sobe mais / A pipa do vovô não sobe mais / Apesar de fazer muita força / O vovô foi passado pra trás

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: Aurora

Marchinha: Aurora

Marchinha: Aurora

A marchinha Aurora é uma composição de Mario Lago que teve a ideia numa Quarta-Feira de Cinzas e de acordo com ele foi “numa época em que Quarta-Feira de Cinzas era realmente uma tristeza”.

A composição foi feita no carnaval de 1941 e no ano seguinte não teve para nenhuma outra nas ruas e em todas as festas. Até os dias de hoje Aurora é uma das marchinhas mais tocadas nessa época do ano.

Em pensar que tudo começou com um trecho que Roberto Roberti apresentou a Mario e que os dois completaram juntos por não ter nada para fazer.

Refrão: Se você fosse sincera / Ô ô ô ô Aurora / Veja só que bom que era / Ô ô ô ô Aurora

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: Me Dá Um Dinheiro Aí

Uma marchinha que até hoje é um grande sucesso em festas de carnaval foi composta no ano de 1959. A voz de Moacir Franco ajudou a projetar a marchinha para a fama e ela se tornou um dos principais lemas do carnaval de 1960. Dentre os demais artistas que gravaram essa marchinha estão Marlene e Elizeth Cardoso.

Refrão: Ei, você aí / Me dá um dinheiro aí / Me dá um dinheiro aí

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: Saca Rolha

O ano de 1954 contou com a marchinha Saca Rolha como uma das mais tocadas no carnaval. A autoria dessa marchinha é de Zé da Zilda, Zilda do Zé (os dois formavam um casal) e Waldir Machado. Para se ter uma ideia do tamanho do sucesso essa marchinha ganhou um prêmio num concurso de músicas de carnaval do mesmo ano.

Refrão: As águas vão rolar / Garrafa cheia eu não quero ver sobrar / Eu passo a mão na saca, saca, saca-rolha / E bebo até me afogar

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: Abre Alas

No ano de 1889 Chiquinha Gonzaga compôs a primeira marchinha de que se tem notícia, Abre Alas. O maios sucesso da carreira da pianista foi criada para o cordão carnavalesco da escola de samba Rosas de Ouro do Rio de Janeiro.

Refrão: Ô abre alas que eu quero passar / Ô abre alas que eu quero passar / Eu sou da lira não posso negar / Eu sou da lira não posso negar

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: O Teu Cabelo Não Nega

A marchinha Abre Alas é considerada a primeira da história, mas a popularidade dessas músicas curtinhas se deve em grande parte ao sucesso de Teu Cabelo Não Nega que foi um grande sucesso em 1932.

A composição original dessa marchinha é de uma dupla de pernambucanos que entregou a Lamartine Babo para que ele acrescentasse um ar mais carioca. Até hoje tem muita gente que fica cantarolando essa marchinha.

Refrão: O teu cabelo não nega, mulata / Porque és mulata na cor / Mas como a cor não pega, mulata / Mulata eu quero o teu amor

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: Mamãe Eu Quero

A primeira gravação de Mamãe Eu Quero aconteceu em 1937, essa marchinha é de autoria de Jararaca e Vicente Paiva. Porém, o grande sucesso aconteceu depois que Carmen Miranda regravou a canção no ano de 1941. Esse fato contribuiu para que todo mundo acreditasse que se trata de uma composição dela.

Refrão: Mamãe eu quero / Mamãe eu quero / Mamãe eu quero mamar / Dá a chupeta / Dá a chupeta / Dá a chupeta / Dá a chupeta pro bebê não chorar

Imagem de Amostra do You Tube

Marchinha: Turma Do Funil

Todo mundo sabe que no carnaval se bebe muito, algumas pessoas aproveitam para beber como se não houvesse amanhã. Quem enlouquece no carnaval e bebe tudo o que consegue e não consegue faz parte da Turma do Funil, ou seja, aqueles que não desperdiçam uma única gota.

Essa marchinha foi criada no ano de 1956 por Mirabeau, M de Oliveira e Urgel de Castro. A regravação de 1980 feita por Tom Jobim e Miúcha garantiu o lugar dessa marchinha dentre as melhores do carnaval.

Refrão: Chegou a turma do funil / Todo mundo bebe / Mas ninguém dorme no ponto / Ai ai, ninguém dorme no ponto / Nós é que bebemos e eles que ficam tontos

Imagem de Amostra do You Tube

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>