Os Clipes Mais Polêmicos Da História

Quase todo mundo gosta de música e a relação que nossas bandas preferidas tem com o vídeo é bastante grande. Tem algumas músicas que nem conseguimos imaginar sem o seu respectivo clipe. Porém, as vezes os artistas gostam de chocar os fãs e aqueles nem tão fãs assim.

Fizemos uma lista com os clipes mais polêmicas da história para quem gosta de música e sabe que ir na contramão é muito rock’n roll. Vale dizer que alguns dos vídeos têm tantos motivos para serem polêmicos que foram excluídos do Youtube então se você não puder assisti-los saibam que a culpa não é nossa.

Os Clipes Polêmicos

Clipe: Body Language

Banda: Queen

Queen

Queen

Porque é Polêmico – O Queen estava tentando fazer um som dance music desde 1982, mas sem a aprovação dos críticos. O clipe de “Body Language” foi mais uma tentativa da banda de Freddie Mercury fazer a sua incursão no mundo dançante.

O que tornou o vídeo polêmico foi a sensualidade dos corpos suados se esfregando ao som inconfundível dos gemidos de Freddie. A MTV Americana baniu o vídeo de sua grade.

Clipe: Like a Prayer

Artista: Madonna

Madonna

Madonna

Porque é Polêmico – Quando Madonna decide que quer criar polêmica não se satisfaz com pouco. O clipe de “Like a Prayer” (Como Uma Prece) que o diga, a pergunta é que tipo de polêmica a cantora não criou nesse vídeo.

Para se ter uma ideia nesse vídeo de 1989 é possível ver cenas com um beijo num santo negro, cruzes sendo queimadas, Madonna com um big decote dançando dentro de uma Igreja e até mesmo um simpático coral gospel.

Não precisamos dizer que a Igreja Católica não gostou nada desse clipe, a cantora chegou a perder o patrocínio da Pepsi nesse ano.

Clipe: Juicebox

Banda: The Strokes

Porque é Polêmico – Um clipe polêmico, mas democrático já que conta com cenas de sexo para quem é hétero, gay ou lésbica. O problema é que as cenas são bastante fortes e o vídeo está cheio de insinuações bastante pesadas. Por isso a MTV censurou boa parte das cenas do clipe.

O diretor do clipe Michael Palmieri não gostou nada disso e pediu que retirassem o seu nome dos créditos. Têm de tudo nesse clipe até mesmo cenas fortes com Julian Casablancas.

Clipe: Jeremy

Banda: Pearl Jam

Porque é Polêmico – Esse clipe, diferente dos demais, é forte por retratar uma história real. A música Jeremy conta a história de um garoto que é perseguido pelos colegas de escola e totalmente ignorado pelos pais. Um dia esse garoto resolve simplesmente ir com uma pistola para a escola e dar um tiro na boca na frente dos colegas e da professora.

Lembrando que a história do clipe é real, dá para entender por que é polêmico. Mas, é válido discutir um problema real.

Clipe: Hapiness In Slavery

Banda: Nine Inch Nails

Porque é Polêmico – Já pensou alguém que venera uma máquina? No clipe de “Hapiness In Slavery” Trent Reznor do Nine Inch Nails resolveu contar uma historinha com esse enredo.

O clipe bizarríssimo em preto e branco conta a história de um cara que tem devoção por uma máquina e depois de acender uma vela para ela passa a ser torturado e se sente feliz por isso. O vídeo é bastante forte, mas não se preocupem por que as imagens de tortura são apenas encenadas embora tenha gente que acredite que seja de verdade.

Clipe: Beliy Plaschik

Banda: t.A.T.u.

Porque é Polêmico – A dupla russa t.A.T.u. fez um grande sucesso há alguns anos pelo fato de as suas integrantes se declararem lésbicas e namoradas. Depois de um tempo as meninas declararam que isso era uma grande mentira inventada pelo empresário da banda. Seja como for elas não se importaram em causar polêmica no clipe de Beliy Plaschik.

O clipe é tão pesado que teve apenas uma versão editada que foi ao ar na TV e para ver o original com toda a pegação e cenas de nudez é necessário comprar o DVD do single que saiu em 2008.

no images were found

Clipe: Judas

Artista: Lady Gaga

Porque é Polêmico – Lady Gaga faz parte da escola “Madonna de como irritar a Igreja Católica”. A cantora que já é uma polêmica fez uma música chamada “Judas” em que fala como se fosse Maria Madalena que está indecisa entre ficar com Jesus ou com Judas.

A versão moderna dos apóstolos andando de moto e com jaquetas de couro é bem legal, mas a Igreja não gostou nada disso.

Clipe: Stress

Banda: Justice

Porque é Polêmico – O diretor de clipes Romain Gavras é um dos que gostam de causar polêmica. Num período em que Paris passava por grandes problemas com vandalismo e gangues o diretor criou um verdadeiro curta metragem com cenas de violência e destruição da cidade luz.

O clipe foi proibido e a banda acusada de ser racista já que contava com muitos atores negros como os integrantes das gangues. Sobre isso a banda disse: “Se as pessoas veem racismo no clipe, é definitivamente porque eles devem ter um problema com racismo; por que eles só veem negros batendo em brancos, e não é isso que acontece.”

Clipe: Smack My Bitch Up

Banda: Prodigy

Porque é Polêmico – Um clipe recheado com tudo o que é considerado impróprio e capaz de tornar um vídeo polêmico. O clipe de 1997 da banda Prodigy conta uma história eletrizante e que tem um final surpreendente.

Clipe: Protege Moi

Banda: Placebo

Porque é Polêmico – Um clipe cuja versão original é quase impossível de encontrar de tão impróprio que ele é considerado. O vídeo mostra muitas cenas de sexo, orgias, nudez e tudo mais que você imaginar.

Exatamente por isso quase ninguém conseguiu ver a versão original desse clipe. Existe uma versão bem mais leve do clipe, pois afinal a banda precisava de um vídeo que pudesse passar na MTV…

no images were found

Clipe: Born Free

Artista: M.I.A.

Porque é Polêmico – O diretor Romain Gavras não satisfeito com a polêmica do clipe da Justice criou para M.I.A. o clipe de “Born Free”. Um clipe de 9 minutos que concentra tudo o que torna um clipe polêmico.

É possível ver cenas de violência, sexo, brigas e tudo mais que você imaginar. O clipe é tão impactante visualmente que nem precisa de muitas explicações por que é polêmico. Óbvio que esse vídeo foi banido do Youtube.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *