Maiores Festivais de Música Eletrônica do Brasil

Todos os anos o Brasil recebe vários festivais de música eletrônica. Em 2014, o maior deles aconteceu em julho, o Kaballah. Mas, tem festival para todos os gostos e todos eles com uma mega estrutura, como bangalôs, lugares espetaculares (com vista para praia, por exemplo), piscinas e muito mais, e claro, muito música boa.

https://www.youtube.com/watch?v=I-orgyj0IU0

Festivais de Música Eletrônica que Acontecem no Brasil

1- Na Estância Alto da Serra, em São Paulo, normalmente, em agosto, acontece “Electrance”.

Em 2014, o festival de música eletrônica do Brasil, “Electrance” comemorou a sua nona edição com muita festa. O evento que é sucesso em todas as edições, tem um diferencial, a mistura de muita música eletrônica com esportes radicais. Dá para brincar e dançar muito.

2- Em Anhembi, em São Paulo, acontece o festival “Armin Van Buuren”, normalmente no mês de outubro.

Com muita música trance, o evento tem como ponto alto ser “dirigido” por um os maiores DJ, eleito recentemente o melhor do mundo. Sem eventos paralelos, o forte do festival de música eletrônica é a presença de grandes nomes do cenário mundial.

3- A rádio Energia 97 promove todos os anos o festival de música eletrônica de nome “Spirit of London” no mês de outubro.

O festival acontece no Transamérica Expo Center e em 2014, foi outro evento que comemorou o sucesso de mais um ano em 2014, 10 anos completou com essa edição.

Todos os anos, o evento reúne feras da música eletrônica internacional, como Lorena Simpson e Yinon Yanel. E claro muita música durante muitas horas.

4- Em novembro, em São Paulo, na Fazenda Maeda acontece um dos festivais de música eletrônica mais badalados do Brasil.

Normalmente, o evento acontece em novembro em um lugar mais do que especial, em uma fazenda que fica na cidade de Itu, no estado de São Paulo. E a música é tão boa que brasileiros de todos os cantos aparecem para conferir o evento.

A verdade é que esse festival é considerado um dos “mais queridinhos” dos amantes de música eletrônica. Os frequentadores do evento garantem que a cada edição as melhores atrações batem ponto. Aliás, os organizadores que é a escolha dos músicos é que faz a diferença e torna o evento de Itu um dos mais importantes.

Quem está afim de curtir o festival deve ficar de olho na data em que os ingressos começam a ser vendidos, em julho.

5- Saindo um pouco de São Paulo, vamos falar de um festival de música eletrônica que rola em Santa Catarina. Normalmente, em novembro, no parque Beto Carrero World, chamado “Dream Valley”.

O “Dream Valley” é o maior festival de música eletrônica do Sul do Brasil. A ida do evento para o parque temático de Santa Catarina aconteceu em 2014. Normalmente, as apresentações ficam guardadas a sete chaves até a proximidade da venda dos ingressos. Mas, quem frequenta o evento sabe que reúne muita coisa boa e é por isso, que atrai brasileiros de todas as regiões do país.

Na cidade do Rio de Janeiro não acontece nenhum grande festival de música eletrônica. O maior evento de música da cidade é o Rock in Rio. A música eletrônica ganha espaço em alguns eventos menores, mas nem por isso, não menos importantes. Porém, nenhum deles têm um calendário anual.

Mas, em São Paulo, é sem dúvidas, o estado que mais abriga grandes eventos de música eletrônica do Brasil. Confira mais alguns deles!

1- D-Edge é um sucesso e dá para confirmar contando o prêmio que o evento faturou. O festival de música eletrônica de São Paulo ficou em quarto lugar, como o “melhor do mundo”.

Além da música ótima, um dos elogios que esse evento recebe é em relação a infraestrutura, muito moderna, que é feita dentro de um clube fechado. É considerada a melhor do Brasil.

Entre as atrações, o evento é sempre recheado de feras internacionais.

O festival começa na quinta-feira e termina ao meio dia de domingo e cada um dos dias uma grande atração toca muita música eletrônica para os participantes. O ingresso custa em média, R$40.

2- Outro festival de música eletrônica do Brasil, em São Paulo, que merece destaque é o Clash Club. O evento completou 6 anos em 2014 e também investe em atrações internacionais para atrair o público que gosta de música eletrônica.

Brasil Receberá o Maior Festival de Música Eletrônica do Mundo

Em 2014, quem curte música eletrônica recebeu uma super notícia. O maior festival do mundo de música eletrônica desembarcará no Brasil, em 2015.

Os organizadores prometem uma versão brasileira do “Tomorrowland”, que acontecerá na cidade de Itu, no interior do estado de São Paulo. O evento está agendado para acontecer em maio de 2015 e está sendo produzido pelas empresas Plus Talent e ID&T.

O lugar que acontecerá o maior festival de música eletrônica do mundo em São Paulo já foi escolhido. Será na Fazenda Maeda, que já abriga outro festival de música eletrônica e foi onde aconteceu a primeira edição do festival SWU.

A estrutura que será usada no festival “Tomorrowland” será a mesma que foi usada na edição do ano de 2012, do “The Book of Wisdom”, a versão belga. Essa estrutura tem história foi a mesma que inaugurou o festival dos Estados Unidos, em Atlanta.

E quem curte e não quer ficar de fora da primeira edição do festival de música eletrônica “Tomorrowland”, os ingressos começará a ser vendido em setembro de 2014. E a data para o evento em 2015 está confirmada. Acontecerá em maio de 2015, entre os dias primeiro e três de maio. Isso mesmo, 3 dias de evento, que terá 6 palcos e as atrações, ainda não divulgadas estarão espalhadas entre eles.

No total, segundo os organizadores, 100 artistas de música eletrônica estarão presente no evento do Brasil. Porém, os nomes ainda não foram divulgados. Os ingressos serão vendidos por dia de evento, a R$299 e para os 3 dias de evento, R$699.

O evento da Bélgica comemorou 10 anos de existência. Lá o festival acontece dividido em dois fins de semana, no total de 6 dias.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Eletrônica

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *