Existem Quantas Figuras Musicais? Quais?

Recebem o nome de figuras musicais ou figuras rítmicas os símbolos que representam os diferentes tempos de uma música. Basicamente cabe a essas figuras indicar o tempo de duração que terá cada nota ou acorde presente numa partitura. Continue lendo para entender mais sobre essas figuras e qual o papel delas dentro do contexto musical.

Conhecendo Quais São as Figuras Musicais

Como mencionamos acima as figuras musicais tem como principal função indicar o tempo de duração que uma nota ou acorde terá na partitura. As figuras musicais que mais se destacam são: Semibreve, Mínima, Semínima, Colcheia, Semicolcheia, Fusa e Semifusa (essa é a ordem seguindo a lógica de cada figura dura metade do tempo da anterior).

Disso entendemos que a Mínima tem a duração de metade do tempo de uma Semibreve enquanto que a Semínima tem duração de metade do tempo da Mínima. Para que fique mais claro vamos exemplificar atribuindo valor para essas figuras sendo que a Semibreve valeria 4. Nesse caso teríamos a seguinte escala de valores:

Figuras Musicais

Figuras Musicais

  • Semibreve – 4
  • Mínima – 2
  • Semínima – 1
  • Colcheia – 1/2
  • Semicolcheia – 1/4
  • Fusa – 1/8
  • Semifusa – 1/16

Lembrando que usamos esse exemplo com atribuição de valores apenas para deixar mais didático. Podemos ainda usar outro tipo de exemplificação para ficar mais simples de entender, imagine que a Semibreve vale R$ 4,00 de maneira que a Mínima valeria R$ 2,00; a Semínima R$ 1,00; a Colcheia R$ 0,50; a Semicolcheia R$ 0,25 e assim sucessivamente.

Representação das Figuras Musicais

Os exemplos que demos acima são essenciais para entender que dentro de uma Semínima, por exemplo, cabem 02 Colcheias ou então 04 Semicolcheias. Na hora de representar é necessário ficar atento ao fato de que as figuras que são mais rápidas que a Semínima aparecerão ligadas de maneira a criar um bloco que tem como correspondência uma Semínima.

Podemos ir ainda mais adiante, numa Semibreve cabe um total de 32 Fusas de maneira que se pensássemos nisso em termos de tempo e uma Fusa fosse o equivalente a 1 segundo teríamos então 32 segundos numa Semibreve. Até aqui apresentamos exemplos para que ficasse clara a relação de metade que há entre as figuras. Contudo, é fundamental que expliquemos também de que maneira usar isso na prática em termos de tempo.

O Tempo das Figuras Musicais

Você deve estar se perguntando de que maneira é possível determinar o tempo das figuras musicais para que faça sentido usar a relação que existe entre elas. Pois bem, a referência de tempo de que necessitamos vem da música que pretendemos executar. Quem baixou uma partitura pela internet, por exemplo, deve procurar a parte da mesma em que está escrito qual o valor de uma determinada figura de maneira que se possa chegar a resposta a respeito das demais.

Normalmente o tempo é indicado em bpm (batidas por minuto), dessa forma no caso de estar indicado que a Semínima vale 120 bpm, por exemplo, quer dizer que dentro de um minuto cabem 120 batidas. Observando que um minuto é composto de 60 segundos concluímos que cabem 2 batidas dentro de um minuto. Como os metrônomos trabalham com bpm é mais fácil dizer que uma nota vale 120 bpm do que dizer que cabem duas batidas dentro de um segundo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cifras

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *