Maiores Cantoras e Cantores Country

De certa maneira a música country influenciou não apenas a cultura norte-americana como também de regiões rurais localizadas em diversas partes do mundo. O valor do gênero musical é incontável, assim como as receitas de vendas de discos que marcaram o nome das grandes celebridades da música caipira dos Estados Unidos.

Aqui estão as lendas que não vão embora. Artistas solo! Essenciais da música country! Esta lista é baseada em longevidade, vendas e influência. Caso exista algum nome esquecido ficaremos feliz com o seu comentário para complementar essa lista. Colabore para a democratizar a informação. Boa leitura!

Maiores Cantoras e Cantores Country

Maiores Cantoras e Cantores Country

1. Hank Williams

A morte prematura de Hank Williams cimentou a sua lenda, mas por causa de músicas como “Lovesick Blues” e “Lost Highway”, ele continua a cativar ouvintes que não dispensam o country clássico.

Hank Williams persiste como uma das figuras mais influentes na música country. Seu estilo rabugento serviu à ponte entre a música caipira e o som Nashville do futuro. Com a morte precoce, Williams se transformou em uma figura mítica. As músicas poéticas continuam a inspirar gerações de compositores.

Hank Williams morreu no caminho para o show de Dia de Ano Novo, em 1953, no banco de trás do seu Cadilllac. Embora a causa oficial da morte fosse parada cardíaca, uma mistura de analgésicos e álcool foi responsável de modo provável.

Hank Williams

Hank Williams

2. Johnny Cash

Johnny Cash influenciou quase a todos! Desde punks a rappers. Figura do panteão da mitologia na música country. As canções abrangem temas como: Deus, trens, trabalho, beber, enganar e muito mais!

A canção de Cash intitulada “I Walk the Line”, divulgada no ano de 1955, o impeliu para a fama. Ele continuou a explorar às fronteiras entre country, folk e rock com seus shows de variedades na televisão nos anos 60 do século XX. Fez fortunas!

3. Merle Haggard

O legado de Merle Haggard como compositor o coloca em pé de igualdade com lendas como Johnny Cash e Jimmie Rodgers (duas influências principais). Gravações dos anos 60 de Haggard sintetizaram o som de Bakersfield e a forte potência no século XXI ganhou aclamação da crítica, mesmo ignorando as convenções tradicionais do gênero musical.

Depois de ter sido colocado em liberdade condicional da prisão em 1950, Haggard conseguiu um emprego em Las Vegas como guitarrista. Mais de uma década depois,no ano de 1962, ele assinou o seu primeiro contrato de gravação.

Depois de uma série de singles de sucesso, se mudou da Tally Records para a Capital Records em 1965 para lançar Strangers. Merle Haggard é uma das vozes mais marcantes da música country, além de estar entre os grandes compositores talentosos do estilo musical.

4. Loretta Lynn

Loretta cresceu cantando na igreja e com a idade de 18 anos aprendeu sozinha a tocar violão. Ela apareceu em um concurso de talentos na televisão, apresentado por Buck Owens, no qual foi vista por Norm Burley, um dos fundadores da Zero Records, mesma gravadora do seu primeiro álbum.

Loretta começou a sua carreira na década de 1960, quando havia quatro mulheres que eram grandes estrelas do país. Até o final de 1962, ela estava a caminho de se juntar às suas fileiras. Entre 1955 e 1970 alcançou o Top 10 Hits em que quatro canções estiveram na primeira posição.

No início da década de 1970, Loretta iniciou uma parceria profissional com Conway Twitty. O par marcou cinco consecutivos sucessos número 1 entre 1971 e 1975. Loretta lançou sua autobiografia em 1976, e no ano de 1980 foi transformada em um filme vencedor de Oscar por Melhor Atuação.

Loretta foi primeira mulher na música country a ter dezenas de canções no Top 10 Hits. Músicas com traços autobiográfico e estimulantes para as mulheres. Na década de 1990, Loretta se juntou com Dolly Parton e Tammy Wynette para gravar álbum de sucesso.

Não foi até 2000 que Loretta lançou outro álbum que ganhou elogios da crítica, embora não se saísse bem nas vendas. Em 2004, ela lançou Van Lear Rose, produzido por Jack White. Nos dias de hoje Loretta pode ser vista nos cassinos, teatros e nas feiras dos Estados Unidos, como uma lenda da música country.

5. Dolly Parton

Quando ela era adolescente conheceu Johnny Cash no Grand Ole Opry. Ele a incentivou a seguir seus sonhos. Um dia depois de terminar o colegial, Parton arrumou suas coisas e se mudou para Nashville.

Ela assinou contrato com a Monument Records em 1965. No ano de 1967 foi convidada para participar do programa semanal de televisão “Porter Wagoner Show”, substituindo Norma Jean.

A audiência demorou a aceitar Porter, mas com a ajuda de Wagoner, ela foi finalmente aceita. Os dois tocaram juntos e Wagoner convenceu sua gravadora, a RCA, a assinar com Parton. Seu primeiro single foi um dueto com Porter que alcançou o Top 10 no início de 1968. Assim começou uma sequência de seis anos de visitas juntos!

http://www.youtube.com/watch?v=1plvBR02wDs

Sucesso nos registros gravados com Porter, mas seus esforços individuais foram paralisados. Em 1970, ambos foram frustrados! Depois de lançar o seu único grande sucesso “Jolene”, no ano de 1974, ela parou de fazer turnês em conjunto.

Ela continuou a aparecer na televisão e a cantar duetos com ele até 1976. Quando Dolly deixou o show para formar ato de solo, aconteceram os ressentimentos, e Parton, escreveu a canção “I Will Always Love You”, relacionada com a ruptura.

Dolly teve sucesso pop do final dos anos 1970 até meados da década de 1980. Ela teve seu próprio show de variedades na TV chamado Dolly! Porém, durou apenas uma temporada. Ganhou seu primeiro álbum de um milhão de vendas, com “Here You Come Again”, em 1977. Em 1980, estrelou o primeiro de muitos filmes, ao lado de Lily Tomlin e Jane Fonda.

Em 1987, Dolly iniciou parceria com Emmylou Harris e Linda Ronstadt para gravar o último álbum aclamado pela crítica e que produziu quatro faixas no Top 10 Hits.

No ano de 2008, Dolly lançado “Barbie Sertão” em sua própria gravadora. Ela continuou em turnê e viajou por todos os Estados Unidos, para a Europa e Austrália para promover seu álbum em 2008 e 2009.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Internacionais

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Dolly Pardon maravilhosamente linda!

    Juliene 27 de abril de 2014 3:56 Responder
    • *Parton

      Juliene 27 de abril de 2014 3:57 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *