Músicas de Funk

Veja algumas músicas de funk que fazem e fizeram sucesso nas paradas

O funk é mesmo um gênero musical que virou febre no Brasil. Todo o país foi contagiado por essa febre de ouvir músicas de funk nas rádios, mas o Rio de Janeiro em especial é o Estado que mais produz artistas do gênero. E isso não é de hoje. Quem não lembra do programa Domingo Legal e seus bailes funks ao vivo para todo o Brasil? O gênero musical chegou mesmo para ficar.

Você já deve ter ouvido musicas de funk de diversos tipos, mas algumas ficaram na memória. Isso porque este estilo de música, que é inspirado no funk norte americano mas ganhou ares bem brasileiros, existe por aqui faz um bom tempo. Começou a tocar nas rádios em 1999 mas a explosão mesmo foi nos anos 2000 com o álbum Furacão 2000 que lançou as principais músicas de funk da histórias.

Eletro Funk

Eletro Funk

Musicas Funk que Fizeram Sucesso

O hit mais tocado nas rádios nos anos 90 é um rap, mas algumas pessoas dizem que é o principio do funk por aqui. É o Rap da Felicidade, dos rappers Cidinho e Doca, cariocas, que entoaram em diversas rádios brasileiras. Daí em diante viu-se que o brasileiro curtia uma rima fácil, batidas constantes e muitas reboladas e o funk tinha espaço para surgir.

Diversas musicas de funk fizeram sucesso nos anos 2000. Um bom exemplo é a Dança da Motinha, que fez o maior sucesso nos domingos em programas televisivos. Dança da Motinho é uma música de funk que trouxe pela primeira vez o termo popozuda para falar das mulheres com bumbum avantajado. Daí em diante toda as mulheres com quadril largos eram popozudas e todos os funks iam chamar desta forma.

Mulher Melancia

Mulher Melancia

O Bonde do Tigrão é uma das músicas de funk que fizeram época na historia das rádios brasileiras. A letra mostra não tem muito a ser mostrada, mas o ritmo contagiou as pessoas de tal forma que todo mundo rebolava quando a musica estava na rádio. E ela tocou tanto que rendeu até disco de platina para o pessoal do Bonde, hein?

A historia do Funk no Brasil cresceu tanto que trouxe até musas, a chamada Feiticeira veio desta época, bem como a Ninja do Funk. Teve ainda a odalisca do funk, a lacraia, que era um homem vestido de mulher arrasando no rebolado, e muitas outras. Mulheres que subiam ao palco para cantar e dançar sem nenhuma vergonha e faziam o que funk brasileiro mais gostava: balançar o popozão.

Pancadão do Caldeirão do Huck

Pancadão do Caldeirão do Huck

O Funk não Morreu

O tempo passou, mas o funk não morreu e musicas de funk ainda são sucesso em terras cariocas principalmente. Em pleno ano 2011 se houve bastante ainda batidas incitando ao rebolado de mulheres e homens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>